Mistress to the horror kid #1

Em 2013 eu fiz uma série de posts indicando filmes recentes de terror que eu gostava. Como esses textos estão num blog hoje fechado, decidi trazer para cá. Alterei só alguns comentários que ficariam sem sentido nos dias de hoje e algumas besteiras da minha parte.

Dia desses eu estava reclamando com um amigo que recentemente só saíram porcarias no quesito “filme de terror”. Mas, estava eu vendo a minha lista de filmes vistos em 2013 e percebi que eu tinha assistido muita coisa boa e recente. Então decidi fazer essa série de posts sobre filmes de terror que saíram ano passado e neste ano.

Começando pelos filmes de 2012…

American Mary

American-Mary

Conheci esse filme através da revista Fangoria. Li uma entrevista das Irmãs Soska (as diretoras) e me interessei bastante por ele. Assisti assim que saiu, nem esperei sair legenda.

A premissa é das mais interessantes: uma estudante de medicina precisa de dinheiro, então ela afunda no “submundo” e passa a fazer cirurgias dos mais diferentes tipos. Mulheres que querem virar bonecas, pessoas que querem amputar membros e assim por diante, ela se especializa nesse tipo de coisa. E assim vai…

Destaque para a atuação da Katharine Isabelle, que ficou conhecida por causa do filme Ginger Snaps.

Excision

excision

Outro filme que eu conheci através da Fangoria. Uma estudante estranha sonha em estudar medicina e tem uns sonhos/alucinações um tanto quanto doentes com sangue e carnificina. As cenas desses sonhos são algumas das mais bonitas que eu já vi no cinema!

O filme não é lá muito emocionante, mas no elenco temos John Waters, Traci Lords e Malcolm McDowell. Ou seja, não precisa de mais nada.

No One Lives

no+one+lives

Conheci esse no Scary Torrent. Sabe aquele filme com um casal estranho que está fugindo de algo? E aí alguma coisa dá errada e começa uma perseguição? E nisso você tem muito sangue e cenas tensas? É, aquele clichê. E aqui deu MUITO certo. Fazia tempo que eu não via um filme tão bom nessa temática. Luke Evans é um vilão perfeito!

Would You Rather

Would-You-Rather

Uma mulher precisa de dinheiro para ajudar seu irmão e é convidada a participar de um jogo. Chegando lá, o anfitrião é um cara completamente louco e sádico (interpretado pelo maravilhoso Jeffrey Combs) e todos os participantes são humilhados. Não tem nada de novo, é bem previsível, mas o clima é extremamente tenso e te prende do começo ao fim. E ah, tem a Sasha Grey.

The Lords of Salem

lords+of+salem

Rob Zombie é sinônimo de polêmica quando se trata da carreira dele no cinema. Muitos consideram apenas Rejeitados pelo Diabo como um bom filme. Eu gosto de todos que vi, inclusive do remake de Halloween (já não posso dizer o mesmo da sequência…)

Havia toda uma ansiedade em cima de The Lords of Salem e para 90% das pessoas foi uma decepção. Porém, eu também acho loucura chamar isso aqui de obra prima. É um filme bem non sense, recheados de influências legais e só isso. Eu achei interessante. E ah, tem o melhor uso das músicas do The Velvet Underground.

Maniac

maniac

Eu sou a primeira pessoa a dizer que remakes são desnecessários. Eles realmente são, mas de vez em quando aparece alguma coisa bacana como Maniac, remake de filme de mesmo nome, de 1980. Infelizmente ainda não vi o original, mas me garantiram que a adaptação ficou bem fiel.

Eu só tenho elogios a esse filme. O ritmo é muito bom e a atuação do Elijah Wood está perfeita. Nunca pensei que fosse vê-lo num filme de terror e gostar tanto. Ele faz o papel de um psicopata que dono de uma loja de manequins. Isso já indica o caminho que o filme toma…

Byzantium

byzantium

Uma vlogger que eu acompanho sobre esse filme: “Nós realmente precisamos de mais um filme de vampiros?”. É, não precisamos, não mesmo. Porém, às vezes saem coisas boas como esse Byzantium que tem um clima de filme antigo.

Mãe e filha, vampiras, vivem ano após ano em cidades diferentes, sobrevivendo e fugindo. A forma como os vampiros se transformam é nova aqui, eu nunca tinha visto nada assim em outros filmes e o enredo mescla passado e presente. E o elenco é mais do que maravilhoso!

Kiss of the Damned

kiss

Mais um sobre vampiros, mas esse aqui é um resgate do cinema de terror dos anos 70, do vampiro com nuances eróticas. Há todo um clima de sedução que não descamba para a breguice em momento algum. Não é um filme que vá mudar alguma coisa, mas é bem agradável de se assistir.

Curiosidade: foi dirigido por Xan Cassavetes, filha de John Cassavetes e Gena Rowlands.

The ABCs of Death

The-ABCs-of-Death

26 curtas, cada um referente a uma letra do alfabeto, todos com um tema em comum: a morte.

Como toda coletânea, tem curtas geniais e doentes, curtas chatos, curtas bobos e entediantes. Meus preferidos “D is for Dogfight”, “L is for Libido” e “X is for XXL”. O “F is for Fart” é um das coisas mais insanas que eu já vi na vida.

The Butterfly Room

The-Butterfly-Room-2012-Movie-Image-2-600x284

Barbara Steele foi musa do cinema de terror, atuou em diversos clássicos e voltou já uma senhora numa trama à lá Baby Jane. O filme foi postado no Scary Torrent com alguns comentários bem interessantes.

Logo mais volto com a segunda parte. 


One thought on “Mistress to the horror kid #1

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s