A pequena outubrista, de Linda Boström Knausgård e Um outro amor, de Karl Ove Knausgård

2014 foi meu ano de obsessão com Karl Ove Knausgård. Comprei A morte do pai perto do meu aniversário de 27 anos. Foi perto também da data que a minha amiga se matou e minha cabeça virou de cabeça para baixo. Entrei numa espiral autodestrutiva e o segundo livro dele, Um outro amor, foi minha companhia.

No mês de dezembro li A pequena outubrista da Linda Boström, ex-mulher do Karl Ove. A relação deles é um dos temas centrais de Um outro amor. Ele tinha acabado de se separar da Tonje e ido morar na Suécia. Lá reencontrou Linda, uma paixão antiga. No livro dele eles ainda não haviam se separado e só tinham três filhos. No dela são quatro filhos e eles não estão mais juntos. Depois de ler o livro da Linda, resolvi voltar para o Karl Ove, comparar pontos de vista.

Terminei a releitura na manhã do dia 31 de dezembro de 2020, fatídico dia da pandemia e do governo lixo do Brasil, também dia seguinte à legalização do aborto na Argentina. Quase sete anos depois da primeira leitura eu sou outra pessoa, então parecia que eu estava lendo um livro novo.

Eu tinha em mente o episódio em que ele corta o rosto (episódio esse que se repete no quinto livro) e lembrava da relação conturbada com Linda. Entre discussões e violência, eu achava o amor encantador. Hoje vejo nitidamente o lixo de relacionamento que eles tinham. Em seu livro, Linda fala abertamente de suas passagens por hospitais psiquiátricos e tratamentos com eletrochoque. Karl Ove cita por cima da bipolaridade da então esposa e como isso o afetava diretamente.

Eu sou fascinada pela escrita confessional, voyer literária da vida dos outros, mas com a releitura de Um outro amor eu só me senti angustiada. Como eu me sentiria tendo minha vida inteira exposta pela pessoa com quem eu divido a cama? Karl Ove fala de amigos, de parentes, escritores. Não é à toa que ele arrumou desavenças com várias pessoas. E o quão egocêntrico é escrever seis livros sobre a própria vida? Mas qual assunto dominamos melhor do que nós mesmos? Fique claro que eu não estou defendendo o homem, apenas expondo questionamentos que faço a mim mesma.

Linda falou de si em seu livro, citou a família e amigos, mas não disse o nome de Karl Ove em momento algum. Gostei muito da sua escolha de se referir ao ex-marido usando uma voz direta, como se ele fosse o único leitor. A pequena outubrista ficou à sombra das milhares de páginas de Karl Ove? Será que veem o livro dela como uma vingança? Como uma resposta?

Eu vi como uma necessidade de se colocar na história toda. Karl Ove nos conta que ela foi desagradável e até mesmo violenta em várias ocasiões. Era exagero do ex? Um reflexo da sua bipolaridade? E nós aqui como expectadores dos problemas conjugais alheios. E fica aqui o mea culpa, adoro observar tudo de longe. Critico pessoas que correm para a rua quando ouvem uma briga, mas não faço o mesmo com esses livros?

Em 2014 eu estava atrás de relacionamentos que me fizessem mal e esse livro caiu bem naquele momento. Reli vendo de longe a vida do casal e também a minha, que deixou algumas marcas e outras eu consegui cobrir, literalmente. Deixando de lado o julgamento do que é certo ou errado, eu gosto demais da escrita do Karl Ove , de como ele se expõe, de como relembra os fracassos e se mostra nos momentos mais ridículos. Seus livros me irritam e eu não tiro os olhos deles. Espero que mais livros da Linda saiam no Brasil, adorei conhecer sua escrita.

Karl Ove fala muito sobre ficção e sobre verdade. A vida dos outros sempre será uma ficção para mim.

A pequena outubrista foi publicado pela Editora Rua do Sabão com tradução do Luciano Dutra. Já Um outro amor saiu pela Companhia das Letras, com tradução do Guilherme da Silva Braga.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s