Misery

Algo inédito neste blog: eu falando de um escritor homem! Mas é um homem possível: Stephen King! O autor me acompanha desde meus 11 anos, quando li Carrie pela primeira vez. Passei a adolescência lendo os livros dele, até que o deixei de lado. Em 2014 a Suma relançou Misery com tradução de Elton Mesquita. … More Misery

Para toda a eternidade

Fico meio receosa de falar sobre o livro da Caitlin Doughty no mês em que estou escrevendo sobre terror, porque a obra dela não é desse gênero (até agora, pelo menos). Confissões do Crematório e Para toda a eternidade foram publicados pela Darkside (ambos com tradução de Regiane Winarski), editora especializada em terror, o que … More Para toda a eternidade

Senhora Caliban

No começo da quarentena a querida Maria Muller me indicou o livro Senhora Caliban de Rachel Ingalls. Numa rápida pesquisa, vi que a novela havia sido publicada aqui pela Art Editora em 1987, com tradução de Carlos Bertolozzi. Aliás, um rápido parênteses para dizer que essa editora tinha uma coleção chamada As Escritoras, que além … More Senhora Caliban

Desmemória

No início da pandemia eu e a Gabi Barbosa criamos o Lendo Juntas. A ideia era ler algo em parceria e depois fazer uma live para discutir. Foi bem bacana, mas decidimos parar. Escolhemos Desmemória (Editora Jandaíra, ex-Pólen Livros) da Thalita Coelho para finalizar o projeto. Infelizmente a Gabi teve alguns problemas e não conseguiu … More Desmemória

Querido diário

Em janeiro de 2018 eu comecei a ler os Diários da Sylvia Plath e minha ideia era terminar a leitura em dezembro daquele ano, no máximo. Agora, em setembro de 2020, estou lá pela página 124. Ao ler pensamentos íntimos de uma escritora que amo me sinto uma intrusa, ao mesmo tempo que me sinto … More Querido diário

A Sucessora

Assim como muitas pessoas, eu também conheci A Sucessora por conta da polêmica envolvendo Daphne Du Maurier. Em 1938 ela publicou o livro Rebecca, que dois anos depois viria a ser adaptado para o cinema por Alfred Hitchcock. Estrelado por Laurence Olivier e Joan Fontaine, foi um grande sucesso. E A Sucessora nisso? Carolina Nabuco … More A Sucessora